Ortodontia

Realizar um tratamento ortodôntico irá lhe proporcionar grande satisfação e inúmeros benefícios.

Dentes alinhados, esteticamente agradáveis e saudáveis, trazem a beleza e equilíbrio ao rosto, transformando profundamente a fisionomia e refletindo uma boa qualidade de vida.

Antigamente, o uso do aparelho ortodôntico estava associado às crianças, porém, hoje não existe idade máxima. Os adultos normalmente preferem os brackets estéticos, que é utilizado no aparelho fixo, pois tem a cor do dente e quase não aparecem.

Porém, o melhor é que uma primeira avaliação seja feita nos dentes de leite por volta dos 4 e 5 anos, quando se pode corrigir o crescimento ósseo . Cuidando desde cedo, previnem-se diversos problemas, como doenças periodontais, cirurgias corretivas no futuro, extração de dentes e tratamentos longos.

 

Ortodontia é a especialidade da Odontologia que identifica ,previne e corrige a má posição dos dentes e ossos maxilares. O termo técnico para estes problemas é a “má oclusão”, que significa uma relação de contato incorreto entre os dentes superiores e inferiores.

A Ortodontia visa a harmonia entre dentes, lábios e ossos, proporcionando um equilíbrio facial adequado.

A maior parte destes problemas são hereditários: apinhamento e/ou espaço demasiado entre os dentes, dentes em excesso ou falhando e fendas lábio-palatinas.

Existem os problemas adquiridos, que são causados por sucção do dedo e chupeta, deglutição atípica, respiração bucal, interposição da língua (falar projetando a língua para fora ou interpor a mesma no meio dos dentes durante a deglutição), adenóide, doenças dentais ou perda prematura de dentes de leite ou permanentes.

Um especialista deve ser procurado a partir da dentição de leite completa ou em qualquer fase da vida adulta. A partir dos 4 anos já é possível detectar problemas na mordida e é nesta fase que observamos os problemas adquiridos.

O exame precoce de uma criança permite que o ortodontista avalie e detecte possíveis problemas ortodônticos ou ortopédicos (esqueléticos),determinando um tratamento com melhor resultado, no menor espaço de tempo e custo financeiro. Em muitos pacientes, o tratamento preventivo alcança resultados que são inatingíveis uma vez que a face e as arcadas tenham terminado seu crescimento.

Sim! O procedimento básico que envolve a movimentação dos dentes é o mesmo em qualquer idade. Portanto, os adultos também podem se beneficiar com o tratamento ortodôntico.

O correto contato e posicionamento entre os dentes superiores e inferiores é essencial para melhor mastigação.

A auto-estima de uma pessoa melhora a medida em que os dentes, lábios e face são conduzidos a uma harmonia. Sendo assim, o tratamento ortodôntico pode beneficiar o sucesso social ou profissional, bem como melhorar a atitude de uma pessoa em relação a vida.

Para cada paciente, construímos um plano de tratamento de acordo com o diagnóstico. Em alguns casos o tratamento poderá terminar antes do prazo previsto e em outros poderá levar mais tempo para a finalização.

Dentes mal posicionados ou que não se encaixam direito facilitam o aparecimento se cárie e doenças periodontais (perda de osso em volta dos dentes), devido a dificuldade de higienização. Eles também causam uma sobrecarga nos músculos da mastigação, o que pode acarretar dores de cabeça, na região dos ombros costas, pescoço e ouvidos.

Dentes protuídos (dentes para frente) são suscetíveis a traumas e fraturas.

Muitos problemas ortodônticos tendem a piorar. O tratamento realizado para corrigir o problema original é menos custo do que os cuidados adicionais necessários para tratar das consequências que podem ser desenvolvidas anos mais tarde.